ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
Andrea Pozzo
♦  30 de novembro de 1642, Trento, Itália
† 31 de agosto de 1709, Viena, Áustria

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Andrea Pozzo foi um irmão jesuíta que trabalhou como arquiteto, decorador, pintor e teórico da arte, sendo um dos artistas mais notáveis ​​do período barroco. Ele é conhecido por desenvolver a pintura usando um sistema de perspectiva em que as linhas focais começar nos cantos de cada peça e se encontram no centro do ponto de fuga, tornando a pintura quase tridimensional na aparência. Pozzo ficou mais conhecido por aplicar o seu conhecimento das perspectivas para projetar obras de arte para a cúpula, a abside e o teto da Igreja Santo Inácio, em Roma, e seu estilo foi posteriormente copiado em igrejas por toda a Europa e outros continentes.

 

Pozzo nasceu em Trento, Itália, em 30 de novembro de 1642. Enquanto crescia, ele estudou a arte e a religião. Ele era um novato na ordem dos Carmelitas Descalços no Convento delle Laste, perto de Trento nos anodes de  1661 e 1662, antes de mudar-se para Milão em 1665 e tornou-se um irmão jesuíta leigo. Pozzo foi incentivado por seus mestres jesuítas para continuar com sua pintura, pois o seu talento foi visto como um dom de Deus.

 

Ele começou então a criar decorações religiosas para vários locais por toda a cidade e sua fama logo se espalhou. Em 1675 Pozzo foi convidado a visitar a cidade de Turim, onde ele projetou, entre outras coisas, os afrescos na Igreja dos Santos Martiris; e também projetou afrescos para uma "falsa cúpula" na igreja de São Francisco Saverio em Modovi.

 

Os trabalhos de Pozzo na igreja de Modovi levaram Gian Paolo Oliva, o Padre-Geral da Sociedade Jesuíta, a convidar Pozzo ir para  Roma para fazer obras de arte encomendado por ele nesta cidade. O convite foi incentivado por Carlo Maratti, um dos pintores mais importantes de Roma na época. Em Roma, o jovem artista foi responsavel por uma miríade de tarefas ornamentais, incluindo pinturas, desenhos retábulo de altar e pinturas arquitetônicas de grande escala. Ele rapidamente se tornou conhecido em toda a Ordem dos Jesuítas, na Itália e até mesmo no exterior, embora ele permaneceu principalmente longe dos olhos do público e não foi particularmente bem conhecida no mundo romano secular.

 

Um dos mais conhecidos e notável de obras de Pozzo em Roma são suas pinturas feitas usando a perspectiva quadratura para o teto e as paredes da Igreja Santo Inácio. A tecnica da Quadratura dava a impressão de um espaço arquitetônico grandioso além do espaço real da igreja, fazendo a imagem parecer tridimensional e o espaço físico da igreja parecem maiores. O arquiteto-chefe da Igreja Santo Inácio, em Roma, Horace Grassi, tinha inicialmente a intenção de construir uma cúpula na parte da frente da igreja, mas morreu antes de sequer começar isso. Ninguém seguiu adiante com a ideia, pois o dinheiro que tinha disponivel para a cúpula não era suficiente. A Ordem dos Jesuítas então convoca Pozzo para solucionar o problema. Ele começou a trabalhar no teto em outubro de 1684; prazo final da entrega seria no dia da festa de Santo Inácio, no ano seguinte, 31 de julho de 1685, ou seja, apenas dez meses para concluir sua obra-prima.

 

Pozzo não só fez no prazo, mas ele pintou uma obra de arte que todos os que entraram na igreja foram maravilhado com a beleza da pintura e sua interessante efeito tridimensional. Na enorme teto plano da Igreja de Santo Inácio, Pozzo pintou um afresco remetendo ao espírito missionário da Companhia dos Jesuítas. O desenho foi destinado para comemorar dois séculos de trabalho dos missionários jesuítas. O efeito obtido é de que existe uma enorme cúpula no teto. Depois, do teto, ele ainda pintou afrescos na Nave Central e no altar da igreja, tornando-a ricamente ornamentada. 

 

Muitos outros artistas, de várias partes da Italia e da Europa, desde então, iam a Roma para estudar o trabalho de Pozzo e tentar usar a técnica em suas próprias obras de perspectiva. Depois de alguns séculos de fumaça de cera de vela, junto com a água, fungos e outros danos do tempo, a pintura ficou danificado e difícil de ver, mas foi finalmente restaurada no ano de 1962.

 

Além de sua pintura e outros trabalhos encomendados, Pozzo começou na década de 1690 escrever um livro explicativo sobre suas experiências com pintura e arquitetura, e, especialmente, seu trabalho com a perspectiva. O trabalho intitulado "Tractus perspectivae pictorum et architectorum" (Tratado da perspectiva em pintura e arquitetura), foi publicado em dois volumes, em 1693 e em 1698. Neste trabalho Pozzo inclui projetos para altares, sacrários, estruturas efêmeras para festas religiosas e projetos de igrejas.

 

Em 1704, com sua fama crescente e os bons resultados de seu livro, Pozzo foi convidado pelo imperador Leopoldo I se mudar para Viena para trabalhar para a corte real. Realizou trabalhos em diversas igrejas, embora continuou a trabalhar para a Ordem dos Jesuítas, tendo muitas vezes que viajar para lugares no norte da Europa para cumprir obrigações artísticas para os jesuítas. A maioria das obras artísticas de Pozzo deste período em Viena, foram feitas em igrejas e outros edifícios que foram destruídos posteriormente. A obra mais conhecida desse período é o afresco "O Triunfo de Hércules", feito ao estilo quadratura, no teto do Palácio Liechtenstein. Este afresco é semelhante ao criado na Igreja Santo Inácio, mas seu trabalho tinha amadurecido e se refinado ainda mais.

 

Morreu em 1709, em Viena, capital austríaca.

 

É consenso entre os críticos qualificar Andrea Pozzo como um artistita fundamental para o desenvolvimento do design moderno.

 

Andrea Pozzo

(auto-retrato)

OBRAS SELECIONADAS:

 

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675.

> (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 

> (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86

> (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein

> (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo.

> (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

Andrea_pozzo_-_san_francesco_saverio_2_-_mondovì.jpg
Andrea_pozzo_-_san_francesco_saverio_2_-_mondovì.jpg

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675. > (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 > (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86 > (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein > (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo. > (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

14022233763_58021c0988_b.jpg
14022233763_58021c0988_b.jpg

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675. > (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 > (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86 > (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein > (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo. > (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

450px-Lazio_Roma_SIgnazio_tango7174.jpg
450px-Lazio_Roma_SIgnazio_tango7174.jpg

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675. > (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 > (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86 > (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein > (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo. > (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

GP_herkulessaal_03_copyright_Palais_Liechtenstein_GmbH_Bildit_zps4cccd8e3.jpg
GP_herkulessaal_03_copyright_Palais_Liechtenstein_GmbH_Bildit_zps4cccd8e3.jpg

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675. > (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 > (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86 > (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein > (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo. > (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

altar-of-st-ignatius-loyola-2.jpg
altar-of-st-ignatius-loyola-2.jpg
Perspectiva_Pictorum_et_Architectorum_-_capa_edição_de_1702.jpg
Perspectiva_Pictorum_et_Architectorum_-_capa_edição_de_1702.jpg

> (1) Afresco na 'falsa cúpula', na Igreja de São Francisco de Modovi, 1675. > (2) Afresco "A Glória de santo Inácio", Igreja de Santo Inácio, 1685 > (3) Afresco do Altar da igreja de santo Inácio, 1685-86 > (4) O Triunfo de Hércules, teto do hall do Palácio de Liechtenstein > (5) Altar de Santo Inácio, projetado por Pozzo. > (6) Capa do volume I de seu "Tratado da perspectiva em Pintura e Arquitetura" de 1702.

- Referencias:

 

- CULTURA ITALIA. Andrea Pozzo. Disponível em www.culturaitalia.it/opencms/it/contenuti/eventi/event_2022.html Acesso em 30 de julho de 2015.

 

- INSTITUTO HUMANITAS UNISINOS - IHU. Andrea Pozzo - jesuíta, pintor, mestre da perspectiva. Acesso em http://www.ihu.unisinos.br/noticias/noticias-anteriores/30281-andrea-pozzo-pintor-jesuita-mestre-da-perspectivaAcesso em 30 de julho de 2015.

 

- ITALIANO COM ARTE. Andrea Pozzo, Santo Inácio e a Ilusao do Barroco. Disponível em http://italianarte.weebly.com/blog/andrea-pozzo-santo-inacio-e-a-ilusao-do-barroco. Acesso em 30 de julho de 2015.

 

- GLANCEY, Jonathan. Guia Ilustrado de Arquitetura. Trad. Laura Alves e Aurélio Rebello. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

 

"Pozzo, Andrea." Encyclopedia of World Biography. 2005. Encyclopedia.com. 30 Jul. 2015<http://www.encyclopedia.com>.

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio
Título: Andrea Pozzo

Documento nº: P19

Disponível na Internet via: 
Última atualização: 30/07/2015

Início

Índice A-Z

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital