ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
HUGO ALVAR HENRIK AALTO
♦ Kuortane, 3 de fevereiro de 1898
† Helsinque, 11 de maio de 1976
 

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Tornar mais humana a arquitetura significa fazer uma arquitetura melhor e alcançar um funcionalismo muito mais amplo que o puramente técnico." (A. Aalto)

 

Com a frase acima, Alvar Aalto resumiu o que sempre buscou em toda sua trajetória como arquiteto e desenhista de mobiliário. A arquitetura dita "orgânica" de Aalto iria para muito além do funcionalismo modernista. Da influencia de sua infancia rural aliada seu apego à natureza contribuiram para o desenvolvimento de desenhos revolucionários com a genial combinação de materiais, volumes e o amplo aproveitamento da luz.

 

Alvar Aalto foi um dos primeiros e mais influentes arquitectos do movimento moderno escandinavo, tendo sido membro do Congresso Internacional de Arquitetura Moderna (CIAM).

 

Aalto nasceu em 03 de fevereiro de 1898, em Kuortone, cidade pequena à oeste da Finlândia.

 

Filho de Johan Henrik Aalto e Selly Matilda Aalto, quando tinha apenas 5 anos de idade, sua família mudou-se para Jyvaskala, região central da Finlândia, que começava a entrar em um franco desenvolvimento urbano e industrial.

 

Aalto estudou na escola Liceu de Jyvaskala, onde completou sua educação básica em 1916 e teve aulas de desenho até que em 1916, ele se matriculou para estudar arquitetura na Universidade Tecnológica de Helsinque. Seus estudos foram interrompidos pela Guerra Civil Finlandesa (conflito que levou a separação da Finlândia do então Império Russo), que ele lutou. Foi nesse período que ele desenhou seus primeiros projetos.

 

Depois da guerra, ele continuou seus estudos, graduando-se em 1921.  No verão de 1922, ele começou seu serviço militar oficial, terminando a escola de treinamento de oficiais de reserva e foi promovido a segundo-tenente da reserva em junho de 1923.

 

Nesse mesmo ano, ele retornou para Jyvaskala, onde abriu seu primeiro escritório de arquitetura. 

 

Durante este tempo, ele projetou uma série de pequenas casas unifamiliares. Em 1925, ele se casou com a arquiteta Aino Maria, com quem iria firmar uma produtiva parceria até a morte dela, em 1949.

 

Ao retornarem de sua lua-de-mel, o casal Aalto mudou seu escritório para Turku em 1927, e começou a colaborar com o arquitecto Erik Bryggman (1891-1955), outro importante arquiteto finlandês. O escritório mudou-se novamente em 1933 para Helsínk

 

O casal Aalto projetou e construiu uma casa-escritório  entre os anos de 1934-1936, hoje integrande do "Museu Aalto". Juntos, eles projetaram outros prédios, que levaram a assintaura de Alvar. Além de diversos produtos de utilidades domésticas. Fundaram, com outros arquitetos associados, a empresa ARTEK, em 1932, que tinha o objetivo, além do lucro, difundir o mobiliários funcional modernista.

 

Aino Aalto morreu de câncer em 1949. Alvar continua nos negócios da família e cuidandos dos dois filhos que teve com Aino,  sendo eles Johana Aalto (1925) e Hamilkar Aalto (1928) 

 

Em 1952 Alvar se casa com Elissa Mäkiniemi, também arquiteta (falecida em 1994), que tinha vindo a trabalhar como assistente no seu escritório e tocou os negocios do escritório de Alvar até o fim de sua vida.

 

A partir do final da Segunda Guerra, o protagonismo de Aalto é assumidamente internacional desenvolvendo projectos em todo o mundo e desempenhando papéis de destaque em organizações que catalisaram muitos dos desenvolvimentos da arquitectura do século XX.

 

Alvar ganhou muitos títulos, premios e honrarias ao redor do mundo pelo seu trabalho. Alvar Aalto morreu em 11 de maio de 1976, em Helsínquia, [9] e é enterrado no cemitério de Hietaniemi em Helsínk.

 

Alvar Aalto

PRINCIPAIS OBRAS:

 

Alvar Aalto deixou uma vasta produção e entre as principais, destacamos:

> (1) Auditório Finlandia, Helsink, 1960-1966.

> (2) Prefeitura Municipal de Saynatsalo, 1950-1951

> (3) Sanatório de Paimio, 1929-1933

> (4) Universidade Tecnologica de Helsink, 1966

> (5) Vila Mairea, 1937

> (6) Cadeira Paimio, 1932 - mobiliário desenvolvido por Aalto e comercializado até hoje pela sua empresa, a Artek. A cadeira paimio foi desenhada para o Sanatório de Paimio, cujo objetivo era proporcionar uma melhor posição para os pacientes com tuberculose respirarem.

> (7) Instituto NAcional de Pensões, 1948 (projeto) 1956 (conclusão)

> (8) Cadeira 65 (1936)

> (9) Igreja Heilig-Geist, Wolfsburg, Alemanha 1962

Auditório Finlândia, Helsink, 1960
Auditório Finlândia, Helsink, 1960
Prefeitura de Saynatsalo, 1951
Prefeitura de Saynatsalo, 1951
Sanatório de Paimio, 1929-1933
Sanatório de Paimio, 1929-1933
Universidade Tecnologica de Helsink
Universidade Tecnologica de Helsink

Universidade Tecnologica de Helsink, 1966

Vila Mairea, 1937
Vila Mairea, 1937
Cadeira Paimio, 1932
Cadeira Paimio, 1932

Desenvolvida para os pacientes do sanatório de Paimio respirarem de forma mais confortável.

instituo nacional de pensoes 1948-56.jpg
instituo nacional de pensoes 1948-56.jpg
cadeira 65.jpg
cadeira 65.jpg
Igreja Heilig-Geist Alemanha.jpg
Igreja Heilig-Geist Alemanha.jpg

REFERENCIAS:

 

- ALVAR AALTO MUSEO - http://www.alvaraalto.fi/ . acesso em 30 de junho de 2015

 

- BARATTO, Romullo. "Em foco: Alvar Aalto" 03 Fev 2015. ArchDaily Brasil. Acessado 30 Jun 2015. <http://www.archdaily.com.br/br/761541/em-foco-alvar-aalto>

 

- EMBAIXADA DA FINLANDIA NO BRASIL. Cultura Finlandesa - Arquitetura - Alvar Aalto. Disponivel em http://www.finlandia.org.br/public/default.aspx?contentid=124168. Acesso em 30 de junho de 2015

 

- GLANCEY, Jonathan. Guia Ilustrado de Arquitetura. Trad. Laura Alves e Aurélio Rebello. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

 

- ROYAL, Luis. Alvar Aalto. Revista independente, janeiro de 2006 - Texto publicado no site da Embaixada da Finlandia no Brasil. disponivel em http://www.finlandia.org.br/public/default.aspx?contentid=124168. Acesso em 30 de junho de 2015

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio
Título: Alvar Aalto

Documento nº: A15
Disponível na Internet via: 
Última atualização: 29/06/2015

Início

Índice A-Z

Índice A

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital