ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
BACCIO D'AGNOLO
♦ 19 de maio de 1462, Florença

† 6 de março de 1543, Florença

 

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Bartolomeo d'Agnolo Baglioni, nasceu em Florença, na Italia, em 19 de maio de 1462 e ficou conhecido com o apelido de "Baccio" (abreviatura de seu primeiro nome). 

 

Baccio d'Agnolo; Florença, 19 de maio de 1462 - Florença, 6 de março de 1543) foi um arquiteto e escultor italiano.

 

Sua vida artística começou como entalhador em madeira, atividade que aprendeu sob a orientação de seu pai, Angelo Baglioni, e na oficina deste teve ainda a oportunidade de conhecer obras de muitos mestres do renascimento.

 

Entre os anos de 1491 e 1502 fez grande parte das esculturas decorativas presentes ainda hoje na igreja de Santa Maria Novellae do Palazzo Vecchio, em Florença.

 

Depois de ter adquirido fama como escultor, d'Agnolo passou a interessar-se pela arquitetura e não se sabe ao certo a data em que partiu para Roma estudar esta arte, mas isso ocorreu nos primeiros anos do século XVI, ocasião onde ele conhece o arquiteto renascentista Simone del Pollaiolo na restaração do Palazzo Vecchio.

 

Em 1503 ele projeta o campanário (torre do sino) da Basílica do Santo Espírito (a Basílica era obra de Bruneleschi) e em 1506 foi contratado para completar o tambor da cúpula da igreja de Santa Maria del Fiore, obra também iniciada pelo mestre Felipo Bruneleschi.

 

Baccio d'Agnolo planejou também a villa Borgherini e o Palazzo Bartolini, assim com outros belos palácios e villas. O palácio Bartolini foi a primeira casa a receber frontispícios de colunas para a porta e janelas, anteriormente confinados às igrejas. Por conta desta novidade, d'Agnolo foi ridicularizado pelos florentinos de sua época.

 

Seu estúdio era frequentado pelos artistas mais célebres da época como Michelangelo, Andrea Sansovino, os irmãos Antonio da Sangallo, (o velho) e Giuliano da Sangallo e o jovem Rafael.

 

Morreu em Florença em 1543, deixando três filhos, todos arquitetos, sendo o mais conhecido Giuliano di Baccio d'Agnolo.

Bartolomeo d'Agnolo

PRINCIPAIS OBRAS:

 

 

> (1) Palácio Bartolini Salimbeni, Florença, 1520-1523

> (2)Palácio Borgherini-Rosseli, Florença, 1529

> (3) Campanário da Igreja do Santo Espírito, Florença, 1503

 

Palácio Bartolini Salimbeni
Palácio Bartolini Salimbeni

> (1) Palácio Bartolini Salimbeni, Florença, 1520-1523

Palácio Borgherini-Rosseli
Palácio Borgherini-Rosseli

> (2)Palácio Borgherini-Rosseli, Florença, 1529

Campanário da Igreja do Santo Espíri
Campanário da Igreja do Santo Espíri

> (3) Campanário da Igreja do Santo Espírito, Florença, 1503

REFERENCIAS:

 

- HISTORIC BUILDINGS & HOMES - William Adam - Disponivel em http://www.visitscotland.com/ Acesso em 02 de junho de 2015

- GLANCEY, Jonathan. Guia Ilustrado de Arquitetura. Trad. Laura Alves e Aurélio Rebello. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

- KOCH, Wilfred. Dicionário dos Estilos Arquitetônicos. Trad. Neide Luzia de Rezende. 4º Edição. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

 

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio
Título: Baccio d'Agnolo

Documento nº: A07
Disponível na Internet via: 
Última atualização: 30/06/2015

Início

Índice A-Z

Índice A

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital