ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
Leon Vaudoyer
♦ 07 de Junho de 1803, Paris, França 
† 09 de fevereiro de 1872, Paris, França

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Leon Vaudoyer é filho do arquiteto Antoine Vaudoyer e nasceu em Paris em 1803, período em que seu pai já era um renomado arquiteto francês.

 

Leon foi estudante da Escola de Belas Artes, tendo estudado no estúdio de arquitetura de seu pai, quando este era professor nesta Instituição. Aplicado e dedicado, Léon Vaudoyer foi o vencedor do Grande Prêmio de Roma em 1826, e foi estudar arquitetura clássica nesta cidade até 1832.

 

Ao retornar, no ano seguinte, em 1833, Leon Vaudoyer abre sua oficina para treinar estudantes de arquitetura na Escola de Belas Artes de Paris. Ele foi nomeado o primeiro Inspector do Palácio do Conselho de Estado e do Tribunal de Contas.

 

Ele participa como colaborador da "Nova Enciclopédia" de Pierre Leroux e Jean Reynaud, contribuindo com a construção de verbetes relacionados à história da arte e da arquitetura, nos anos de 1834 e 1836. Estes dois intelectuais eram seguidores dos ideias socialistas utópicos de Saint-Simon, e nesse período, Vaudoyer conhece as idéias humanistas deste filósofo.

 

Vaudoyer torna-se um dos principais expoentes do ecletismo historicista de seu tempo. Influenciado pelas ideias do filósofo Augusto Comte, também um seguidor de Saint-Simon. Como uma reação ao academicismo neoclássicista, ainda dominante nos círculos intelectuais da França, o ecletismo na arquitetura começa a despontar junto com o romantismo na literatura, teatro e pintura, pregando um retorno ao passado e buscando nos  revivalismo historicos os temas para seu partido arquitetônico.

 

Ele foi nomeado arquiteto do Conservatório Nacional das Artes e Ofícios em 1838 e da Comissão de Artes e edifícios religiosos em 1848.

 

Em 1853 ele tornou-se inspector geral dos edifícios, cargo conquistado devido sua notável reputação em edifícios religiosos.

 

Seu maior e mais conhecido projeto será a enorme Catedral de Marselha. Nesta obra ele demonstra toda sua fidelidade ao ecletismo vigente no momento, tendo misturado estilos românico e bizantino como modelos, criando uma enorme e impressionante combinação das cúpulas das torres com uma planta em cruz latina. No exterior a policromia é outra de suas riquezas mais marcantes, com faixas de pedra branca e cores verdes alternadas, lembrando o estilo gótico vitoriano.

 

Ele foi eleito para a Academida de Belas Artes, ocupando a cadeira nº 1 d renomado Departamento de Arquitetura, no ano de 1868.

 

Casado em 1860 a Mary Ann Bulkley (mãe de William Bouwens van der Boijen), então em 1869 para Marie-Clémence Joséphine-Mira (casada com o advogado Henri Singer), Léon Vaudoyer é o pai do arquiteto Alfred e Vaudoyer avô do escritor Jean-Louis Vaudoyer, da Academia Francesa.

Léon Vaudoyer

> (1) Catedral de Marselha, 1856

> (2) Vista Posterior da Catedral de Marselha, 1856

> (3) Monumento Fúnebre

> (4) Desenho de recosntrução da fachada da Sorbonne

> (5) Desenhos de detalhes construtivos ecléticos

> (6) Desenhos de Túmulos e monumentos fúnebres

> (7) Desenho do túmulo do General Maximilian Foy, 1832

> (8) Túmulo do General Maximilian Foy, 1832

OBRAS SELECIONADAS:

 

Catedral de Marselha.jpg
Catedral de Marselha.jpg
press to zoom
Vista Posterior da Catedral de Marselha.jpg
Vista Posterior da Catedral de Marselha.jpg
press to zoom
Desenho_de_Monumento_Fúnebre,_Leon_Vaudoyer.jpg
Desenho_de_Monumento_Fúnebre,_Leon_Vaudoyer.jpg
press to zoom
1853_Estudo_para_Reconstrução_da_Fachada_da_Universidade_de_Sorbonne.jpg
1853_Estudo_para_Reconstrução_da_Fachada_da_Universidade_de_Sorbonne.jpg
press to zoom
Desenhos de Leon Vaudoyer.jpg
Desenhos de Leon Vaudoyer.jpg
press to zoom
Desenhos de Lapides e Monumentos Funebres Leon Vaudoyer.jpg
Desenhos de Lapides e Monumentos Funebres Leon Vaudoyer.jpg
press to zoom
Desenho do tumulo do General Foy 1832.jpg
Desenho do tumulo do General Foy 1832.jpg
press to zoom
O Tumulo do General Foy 1832.jpg
O Tumulo do General Foy 1832.jpg
press to zoom

 - Referencias:

 

-ArchINFORM. Léon Vaudoyerarchitect (*1803 †1872). Disponível em http://eng.archinform.net/arch/1413.htm. Acesso em 11 de janeiro de 2016.

 

- ARTEHISOTIRA. Catedral de Marsella. Disponivel em http://www.artehistoria.com/v2/obras/12636.htm. Acesso em 11 de janeiro de 2016.

 

- Françoise HAMON, « VAUDOYER LÉON - (1803-1872)  », Encyclopædia Universalis [en ligne], consulté le 11 janvier 2016. URL : http://www.universalis.fr/encyclopedie/leon-vaudoyer/

 

-STRUCTURAE. Leon Vaudoyer. Biographical Information. Disponivel em http://structurae.net/persons/leon-vaudoyer. Acesso em 11 de janeiro de 2016.

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete: DURANTE, Silvio.
Título: Leon Vaudoyer

Documento nº:  V 03

Disponível na Internet via: 
Última atualização: 11/01/2016

Índice A-Z

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital