ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
Antonin Raymond
♦  10 de maio de 1888, Região da Bohemia, República Tcheca
† 21 de novembro de 1976, Pensylvania, EUA.

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Antonin Raymond nasceu em 10 de maio 1888, em Kladno, Bohemia Central. Após a morte de sua mãe e da falência da loja de seu pai a família mudou-se para Praga em 1905. Em 1906 ingressou no Instituto Politécnico da República Tcheca. Ele completou seus estudos em Trieste em 1910 antes de partir para Nova York.

 

Em Nova York, Raymond trabalhou três anos com Cass Gilbert, durante a construção do monumental Prédio Woolworth. Sua experiência com essa e outras construções deu-lhe uma visão sobre as propriedades estruturais e texturais de concreto, que ele iria aplicar ao longo de sua carreira.

 

Em Nova York, ele conheceu sua futura esposa e parceira de negócios, Noémi Pernessin, com quem se casou em 15 de dezembro de 1914. Através da influência de um amigo em comum, Frank Lloyd Wright concordou em contratar Raymond de maio de 1916.

 

Inicialmente, Raymond e Noémi trabalharam com Frank Lloyd Wright em Taliesin em Spring Green, Wisconsin. Em 1917 ele se alistou para o Exército dos Estados Unidos servindo no exterior com o corpo expedicionário americano na Primeira Guerra Mundial. Após sua dispensa do exército e seu retorno a Nova York, Wright convenceu-o a ir para Tóquio com ele para trabalhar na cosntrução do Hotel Imperial.

 

É durante essa obra que ele começa a observar que as particularidades culturais de cada local, neste caso, o Japão, deveriam ser consideradas na feitura de uma obra arquitetonica. Raymond acabou sendo demitido em janeiro de 1921. Em fevereiro do mesmo ano, ele montou um escritório americano de arquitetura e engenharia em Tóquio com Leon Whittaker Slack.

 

Na obra do Colégio Cristão de Mulheres de Tóquio, iniciada em 1924, a arquitetura de Raymond pode ser vista ainda fortemente influenciado por Wright. Este trabalho precoce também demonstra o seu interesse em Cubismo Tcheco e também com o trabalho de Auguste Perret em concreto armado.

 

Seu desejo de libertar-se da influência de Wright levou a explorar as relações espaciais entre as diferentes áreas e como os espaços podem ser fechados com telas dobráveis. Ele levou essa experiencia na construção da Casa. Reinanzaka. este edificio é construído quase inteiramente de concreto. 

 

Com a Casa Reinanzaka , Raymond tinha mostrado forte interesse na obra do arquiteto Le Corbusier. Ele queria proximidade com as ideias de Corbusier, e em 1930, admite Kunio Maekawa (que acabara de voltar após dois anos de trabalho com Le Corbusier em seu Escritório de Paris) em seu escritório. Mais tarde, ele aplicou as idéias de Le Corbusier na arquitetura vernácula japonesa usando elementos como cedro, larício de palha, bambo, etc. O próprio Le Corbusier, mais tarde em seus livros iria citar Raymond com destaque devido suas experiencias.

 

Em janeiro de 1938, Antonin, Noémi e seu filho deixaram Tóquio com destino a América. Esta viagem de seis meses levou inicialmente ao subcontinente indiano e depois para a Europa, incluindo uma viagem a Praga.

 

Em 1939, a prática arquitetônica de Raymond nos Estados Unidos começou com a compra e conversão de sua fazenda em estúdio em New Hope, Pensilvânia. Seu objetivo era "criar um ambiente físico e intelectual favoravel às suas criações. Ele utilizaram muitos elementos da arquitetura japonsa nesta obra. Os quartos estavam cheios de objetos de arte, incluindo tapetes personalizados por Noémi.

 

Muitos arquitetos passaram temporadas de estudo em New Hope, entre eles, Alvar AaltoO objetivo de Raymond era que, quando os estudantes concluissem os trabalhos em New Hope, eles iriam aplicar suas teorias em diversas partes do mundo.

 

Em maio de 1943, o escritório Raymonds conseguiu a liberdade de George Nakashima e sua família, tirando-os de um campo de internamento japonês em Idaho, para que eles pudessem entrar e viver na fazenda New Hope. Nakashima estava preso por conta das hostilidades entre Japão e EUA durante a Segunda Guerra Mundial

 

Neste mesmo ano, Raymond foi convidado para projetar uma série de casas em estilo japonês no qual o Exército Americano iria testar a eficácia de suas munições (especificamente incendiários) contra as edificações nipônicas, do qual Raymond era profundo conhecedor. Raymond admitiu em sua autobiografia que ele não havia gostado deste trabalho.

 

Depois da guerra, ele formou uma nova empresa com o arquiteto eslovaco, Ladislav Leland Rado (1909-1993), e nomeou-Raymond & Rado. Embora juntos nos negocios, estavam independentes no estilo, pois Rado ainda praticava as linhas ortogonais do modernismo clássico, enquanto Raymond ja havia superado essa fase.

 

 

Com o fim da guerra e o esforço americano em recuperar o Japão, Raymond e Rado conseguiram vários contratos no Japão.

 

Em 1955, Raymond começou a obra do Centro de Música para abrigar a Orquestra Sinfônica de Gunma. Em 1961, ele foi contratado para projetar a Universidade Nanzan. Este foi um dos maiores projetos que ele iria realizar. Localizado ao leste do Campus de Nanzan esta a capela do Seminário do Verbo Divino de 1962. Este é um edifício que explora a capacidade plástica do concreto, com duas conchas que se cruzam formando uma torre.

 

Antonin Raymond morreu no Hospital St. Mary em Langhorne, Pennsylvania, em 25 de outubro de 1976, com idade 88. Sua esposa Noémi morreu quatro anos depois, aos 91. Seu escritório, o Raymond Architectural Office Design, continua a atuar em Tóquio.

 

Antonin Raymond

OBRAS SELECIONADAS:

 

> (1) Casa Reinanzaka, 1924

> (2) Embaixada italiana, em Niko, 1928

> (3) Hotel Golconde, India, 1936 

> (4) Escritorios da Reader's Digest, Tokyo, 1951

> (5) Igreja de Santo Albano, Tokyo, 1956

> (6) Capela de São Paulo, Universidade de Rykkio, 1963

 

reinanzaka1362967293671.jpg
reinanzaka1362967293671.jpg
Reader’s_Digest_Offices.jpg
Reader’s_Digest_Offices.jpg
reinanzaka1362967293671.png
reinanzaka1362967293671.png
ID00000037img7.jpg
ID00000037img7.jpg
golconde-1.jpg
golconde-1.jpg
7508719752_f0de6a6003_b.jpg
7508719752_f0de6a6003_b.jpg

 - Referencias:

 

- GLANCEY, Jonathan. Guia Ilustrado de Arquitetura. Trad. Laura Alves e Aurélio Rebello. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

 

- BRITANNICA, Enciclopedia. Antonin Raymond. Disponivel em www.britannica.com/biography/Antonin-Raymond. Acesso em 01 de agosto de 2015

 

- MICHERNNER ART MUSEUM. Antonin Raymond - Raymonds in Japan. Disponivel em www.michenermuseum.org/bucksartists/artist.php?artist=199&page=788. Acesso em 01 de agosto de 2015

 

- MULLER, Cristine. Golconde: The Introduction of Modernism in India. University of Texas at Austin, 2005. Disponivel em www.aia.org/aiaucmp/groups/ek_public/documents/pdf/aiap080052.pdf. Acesso em 01 de agosto de 2015

 

- SITE OFICIAL DO ARQUITETO: www.raymondsekkei.co.jp

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio
Título: Antonin Raymond

Documento nº: R02

Disponível na Internet via: 
Última atualização: 01/08/2015

Início

Índice A-Z

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital